Andar no Espírito
Por Denise Bonetti
pexels-photo-235721

Sei que nada de bom habita em mim, isto é, em minha carne. Porque tenho o desejo de fazer o que é bom, mas não consigo realizá-lo.
Pois o que faço não é o bem que desejo, mas o mal que não quero fazer, esse eu continuo fazendo. Ora, se faço o que não quero, já não sou eu quem o faz, mas o pecado que habita em mim.”,
Romanos 7:18-20

O que Paulo comenta nesses versículos de Romanos é algo que, assim como ele, nós cristãos temos que lidar o tempo todo. Mas, por que conhecendo a verdade e o que é correto é tão difícil andar de acordo com o que a palavra nos diz?

O próprio Senhor Jesus nos alertou quanto a isso em Mateus 26:

“Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca.”, Mateus 26:41

Quando recebemos a Jesus como Senhor e Salvador de nossas vidas somos selados com o Espírito Santo da promessa. O Espírito Santo já está pronto, Jesus não está preocupado com o nosso Espírito, Ele sabe o que fez e Sua obra é perfeita.

Nós cristãos devemos nos lembrar que enquanto estamos nesta terra, existem duas naturezas em nós: uma é a velha natureza maligna e corrupta (que ficou crucificada no calvário). A outra é a nova natureza pura e santa que recebemos em nossa conversão.

Portanto, nunca devemos procurar uma tendência boa na nossa velha natureza, e nunca devemos ficar desapontados ou surpreendidos quando não a encontramos.

Nossa antiga natureza é incuravelmente má! Deus não tem interesse em melhorar a velha natureza.

Ele condenou-a na cruz do Calvário, e quer que nós resistamos a todas as tentativas que ela faz para controlar as nossas vidas.

Mas então, como fazemos para não darmos lugar a essa velha natureza e não permitirmos que ela nos domine?

Em Gálatas 5:16-17 temos a resposta:

“Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne. Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis.”, Gálatas 5:16-17

Logo, se nos enchermos do Espírito, não satisfaremos os desejos da nossa carne. A velha natureza alimenta-se de tudo o que é impuro, enquanto que a natureza nova anseia pelo que é puro e santo.

É importante saber que a natureza que nutrimos é aquela que irá vencer.

Mas como fazemos para alimentar e fortalecer o Espírito?

Devemos nos encher da Palavra de Deus. A Palavra liberta, transforma e renova nossas mentes. Devemos ocupar nossas mentes e nossos corações com tudo o que provém de Deus:

“Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.”, Filipenses 4:8