Crente morre pela boca!
Por Cari Silva
silenciar-as-vezes-er

“Mas Calebe pediu ao povo que estava ali diante de Moisés que se calasse, e disse…”

É incrível como a história de um povo tão antigo pode ensinar tanto nos dias atuais. O povo de Israel era escravo na terra do Egito. Moisés foi levantado líder sobre eles para os libertarem. A libertação ocorreu depois de muita resistência do Faraó. Deus falou que iria fazer, e fez! Deus mostrou sinais poderosos no meio deles como, por exemplo, as pragas atingirem apenas os egípcios e não o povo de Israel. Eles vagaram por anos no deserto para chegarem à Terra Prometida. Deus prometeu que eles morariam em uma terra farta e muito abençoada.

Moisés escolheu 12 homens e os enviou para dar uma espiadinha nessa terra. Desses, apenas 2 voltaram empolgados com o que viram. Na ótica dos outros 10 a terra era a pior coisa que Deus poderia dar para eles, apesar de concordarem que era um lugar maravilhoso e que produzia muito leite e mel, o discurso deles foi desanimador: “Mas o povo de la é poderoso e as cidades são muito grandes e fortificadas. Também vimos lá os descendentes de Enaque (gigantes)”. Com suas palavras e postura pessimistas, desagradaram a Deus e morreram por isso.

No meio desse discurso horroroso e pessimista, se levantou Calebe e disse: “Vamos partir e tomar a terra, porque é certo que vamos conquista-la!” (Nm 13:30). A ótica de Calebe era baseada no que Deus já havia feito por eles. Ele não se baseava no que via, mas no que Deus poderia fazer. Isso é fé!

Mais adiante no discurso de Calebe e Josué eles dão um ensinamento incrível: “Apenas não sejam rebeldes contra o Senhor, e não tenham medo do povo que mora lá, porque nós os venceremos como se estivéssemos devorando pão. O Senhor está conosco e tirou a proteção deles; por isso, não tenham medo deles!” (Nm 14:9)

Por causa da fala pessimista e contaminadora daqueles outros homens, eles não herdaram a promessa e Deus escolheu mata-los. Daquela geração inteira, apenas Josué e Calebe entraram na Terra Prometida.

O que aprendemos com isso?

Poderíamos tirar várias lições, mas vamos destacar 3 delas:

  1. Crente morre pela boca

No contexto do que lemos, isso aconteceu literalmente. A fala pessimista revelou um coração rebelde que desagradou a Deus e trouxe morte (literal) para eles. Por causa disso não entraram na terra prometida.
Precisamos de sabedoria no falar. Em provérbios fala que comemos do fruto da nossa boca. Isso quer dizer tudo o que falamos traz vida ou morte para nós.

  1. Olhe pela ótica correta

Na ótica de Deus não veremos derrota. Foi assim que Josué e Calebe olharam para a terra da promessa. Eles não olharam para o que humanamente seria impossível, mas focaram no que Deus poderia fazer.
Quando pararmos de olhar os problemas com nossos próprios olhos e analisa-los com nossa compreensão limitada, enxergaremos o que Deus pode fazer e isso sim é ter fé.

  1. Quem está conosco?

No discurso de Josué e Calebe fica clara a confiança que eles tinham no Deus que estava com eles. Assim devemos caminhar também! Se Deus está conosco, venceremos qualquer problema que tente permanecer no nosso caminho.

Deus te abençoe.